segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Voar

Se nasci com asas vou voar.
Mudará a minha vida novamente?
Radicalmente e com tudo a que tenho direito.
Não crio raízes.
Não semeio.
Colho do esforço meritoriamente reconhecido.
Vivência de sorrisos generosos. Alma entregue a cada causa.
E porque mereço o destino está-me reservado.
Feliz.

3 comentários:

izzie disse...

:)

Muito verdade!

Beijinho,

Luis disse...

Obrigado Carla pela tua preocupação, mas não há nada a fazer... Pode ser que passe..

Thks anyway *

Luis disse...

Claro que mereces ser feliz! Vais voar novamente, guiada por ventos prósperos!

;)