sexta-feira, 23 de abril de 2010

Milagre

Por vezes o milagre está em transformar o medo em luz. Em acreditar sem provas. Em caminhar sem percurso e definir sem plano. O milagre está abrir o coração e filtrar apenas o que é bom e faz bem. Ter força para superar os fantasmas e sorrir para eles. Dizer-lhes adeus. O milagre está em transformar a incerteza em construções de areia. Em saltar quando nos empurram para o infinito. Sacudir o cabelo, olhar para cima e despedir-me de quem ficou para trás. Um sorriso doce e despenteado. Simples. O milagre é acreditar na infinidade de minha força e na impermanência do meu ser.

2 comentários:

metamorfosear disse...

milagre esta em abrir o coração... no tempos modernos de tão condicionados que estamos, ainda é tempo de refletir sobre palavras tão "verdades" e tão fora de moda. Ainda é tempo...

Pérola Negra disse...

Milagre é sentir as coisas da forma que sentes... Porque no mundo em que estamos há pouco quem sinta. Há pouco quem sinta assim. Milagre é isso tudo que escreveste tão bem, como sempre. Milagre é viver o dia a dia com uma leve intensidade!