quarta-feira, 19 de maio de 2010

Obrigada por me fazeres dançar ao som da tua luz.

Sei e sinto que, se for justo, e só pode ser, basta pedir e acontece. Tudo tem uma razão e está escrito desde o momento em que a minha alma escolheu o meu corpo. O livre arbítrio colocado no espartilho das emoções negativas será soltado numa noite de amor eterno. Por isso tropeçamos um no outro. Foi preciso arrastar-me para que a energia que concentraste naquele dia me levasse até ti. E ali ficámos. No coração um do outro. Agora, embora continue na minha cama virgem de ti, no meu corpo saudoso e no meu coração cheio de distância, sinto-me mais preenchida que nunca. Mais feliz que nunca. Mais cheia de certezas que nunca.
Obrigada por me fazeres dançar ao som da tua luz.

1 comentário:

Rabiscando Amor disse...

Oiiie flor, adorei seu blog, e já estou seguindo...
Grande BeeijO