sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Put@ que pariu!!!

Será que ainda não deu para entender que eu quanto tomo uma decisão, e porque é bem ponderada, com tempo e espaço suficientes para não haver margem para erros, não volto atrás?
Se há algo de que me posso orgulhar com toda a convicção e força é que desenvolvi um dom natural desde muito pequenina. Chama-se inteligência, bom senso e JUSTIÇA.
Não quero pedidos de desculpa, não quero palavras mansas, não dou segundas oportunidades!
Put@ que pariu.
Fico transtornada.
Verdadeiramente transtornada quando só se entende quem eu verdadeiramente sou depois de testados todos os limites possíveis à minha pessoa.
Marco bem as minhas condições, as minhas exigências (que são pouquíssimas e triviais). Aquelas que nasceram comigo: verdade, honestidade, humildade! Nada mais. Quando uma falha não há volta.
Jamais perdoarei uma traição. Jamais.
Jamais perdoarei uma mentira grave. Jamais.
Perdo-o sim, qualquer acto desmedido e pouco ponderado. Compreendo sempre, mas sempre, os erros das pessoas... mas não compreendo que me enganem, que me mintam que me usem. Isso não aceito.
Eu sou honesta desde o primeiro momento e as regras são bem definidas antes de "assinado" qualquer contrato. Portanto não compreendo como é possível errar depois.
Fico revoltada. Porque eu aviso com  todo o tempo do mundo e ainda assim o ser humano tende sempre em achar que é mais espero que o outro...
Enfim.
Acabaram-se as tentativas de aproximação.
Os pedidos de desculpa.
Não vale a pena. Jamais.
Eu só tenho uma cara. Só tenho uma palavra. E sou a primeira a pedir desculpa quando erro, mas nunca nunca nunca vou passar por cima de algo ou alguém para atingir os meus objectivos.
Sou a melhor amiga de mim própria. A melhor conselheira, a melhor consciência.
E tanto me orgulho disso.
Tanto.
E na minha vida... só gente como eu!!!

1 comentário:

Nádia disse...

E é por seres assim que adoro ler todos os textos que colocas no teu blog. É dificil encontrar alguém que preserve e siga esses valores da verdade, hosnestidade e humildade.
Quando venho ao teu blog sinto isso! Sinto que és natural! E o que apetece ao final do dia é ver que há pessoas como tu!!
Acredito que, mais dia menos dia, cada um tem o que merece... "puta que pariu" para as pessoas que infernizam a nossa vida.
Obrigada por escreveres no blog e por me fazeres tão bem ao ler o que escreves!!! Afinal, não estou sozinha....
beijinhos