segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

O mundo de hoje (há tantos anos atrás)

«Na vida de hoje, o mundo só pertence aos estúpidos, aos insensíveis e aos agitados. O direito a viver e a triunfar conquista-se hoje quase pelos mesmos processos por que se conquista o internamento num manicómio: a incapacidade de pensar, a amoralidade e a hiperexcitação.»
*
«A maioria pensa com a sensibilidade, eu sinto com o pensamento. Para o homem vulgar, sentir é viver, e pensar é saber viver. Para mim, pensar é viver e sentir não é mais que o alimento de pensar.»
 
in "Livro do Desassossego" de Fernando Pessoa

1 comentário:

ROSINHA disse...

Sempre com razão o Fernando Pessoa...
Detesto a imbecilidade!