terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Porque isto...

Porque há homens e Guerreiros. Há Almas, amadores e desalmados. Porque há Abraços e apertos. Há Esperança e desejos. Justiça e universo. Porque há quem lute de peito aberto e quem nem sequer lute e se encolha nas sombras. Há quem se despoje de armaduras e de medos e há quem viva em nuvens de algodão, lá longe sem querer saber.

Porque isto do que chamamos Vida com alguma desavergonha e leviendade, tem muito que se lhe diga. Porque viver é muito mais do que a rotina, do que um abrir e fechar olhos para acordar de manhã e adormecer ao final do dia. Porque são necessárias noites em claro. Porque precisamos fechar os olhos em momentos claros de dor.

Porque a isto a que chamamos Amor, com facilidade e trivialismo, é muito mais que uma troca de experiências. Muito mais do que dar e esperar receber em troca. Muito mais do que sofrer de saudade e ter medo da perda. Isto a que chamamos Amor é uma construção que demora anos na sua base. Que sobrevive a verdadeiras catástrofes. Que une mais em cada uma delas. Isto, a que chamamos Amor, espera-se. Sente-se. Vive-se de forma despojada e descomprometida com a externalidade. Isto a que chamamos amor é raro, único, sólido, verdadeiro e transparente. 

Porque isto a que chamamos Amor é amizade que temos de conseguir diária. É cumplicidade. Desordem e caos. É duro mas ajuda a crescer. Amizade é união. É força. É razão. Amizade é luz, clarividência, tranquilidade e certeza.

E isto a que chamamos família, é muito mais que genes e sangue. É amor, é amizade é vida. É a verdadeira construção sedimentada nas bases a que se sobrevive de qualquer intempérie. A família que não escolhemos mas que amamos e aquela que temos a ilusão de escolher (já estava lá para nós, sempre esteve) são o nosso suporte. A nossa convicção. O nosso porto mais que seguro, onde tudo é ameno, doce e certo. Onde a verdade tem de reinar. Onde a união faz a força e onde tudo só faz sentido assim.

E porque há homens e verdadeiros Guerreiros. Porque há a ilusão de amar e o verdadeiro amor, temos os Amigos e aqueles que se cruzam apenas na nossa vida, a verdadeira família e os laços de sangue, desejo sempre, e para sempre que o  Homem da minha vida e a família que escolhi próxima de mim, sejam os meus melhores amigos e me façam sentir no mais intimo da minha alma o verdadeiro amor.

Obrigada a todos.

1 comentário:

Luara Q. disse...

O amor é tudo isso.
Escreve muito bem!